As tendências, as escolhas, as melhores decisões e o know how dos profissionais de renome do setor ganham aqui o seu espaço.
Tudo o que necessita para estar a par do que acontece no setor do Turismo, Hotelaria e Restauração encontrará nesta nova rúbrica.
Porque a partilha é a alma do negócio, todos os meses auscultamos os decision maker e os players que fazem realmente “acontecer”!
Inovação, Dinamismo e Irreverência fazem parte da Evolução!

Porque acredito que a formação melhora a vida das pessoas e o valor do setor da hospitalidade?

Marta Sotto Mayor

O ecossistema da hospitality ou da ”gestão hoteleira” representa o conjunto das atividades em que, pela prestação de um serviço, se acomoda um cliente em determinado estabelecimento.O ecossistema da hospitality ou da ”gestão hoteleira” representa o conjunto das atividades em que, pela prestação de um serviço, se acomoda um cliente em determinado estabelecimento.

Vera Sequeira

Quando começamos a conhecer melhor e de mais perto este mundo dos vinhos, ele pode acabar por nos apaixonar e levar-nos a querer conhecer mais, experimentar mais e, no fundo, a envolvermo-nos nele de uma forma única. É esse o grande desafio dos vinhos.

Pedro Pinto

No meio de todos os obstáculos e angústias dos últimos meses, tem sido muito curioso assistir à capacidade da indústria hoteleira em inovar, surpreender e encantar os hóspedes com novos serviços, standards e conceitos. A Inovação despertou finalmente para TODOS, como se fosse a última vaga!

Mário Custódio

Vou tentar falar de “upbringing” com valores, conhecimentos, experiência, formação, direitos e deveres.

Maria Gama

É com muito gosto que partilho com os membros da Rede-T uma reflexão sobre a evolução na Hotelaria.

Patrícia Correia

O mercado do turismo de casamentos, onde se incluem os destination weddings, é um mercado que se encontra em contínuo crescimento.

Ricardo Barreto

O nosso país encontra-se em plena mutação, acelerada por vários fatores externos que despertam novos sentidos e vontades nos consumidores

Miguel Maugi Santos

É facto provado que todos conseguimos valorizar muito mais algo de que gostamos quando deixamos de o ter acessível.

Susana Querido de Figueiredo

Faz pouco mais de um ano e eu estava a trabalhar em Xangai quando, de um dia para o outro, literalmente, fomos de casa cheia para casa vazia...

Gil Santos

Não vamos ficar todos bem.Aos leitores mais sensíveis e com tendência a depressões não se recomenda a leitura deste artigo.

Henrique Henriques

É com muito gosto que partilho algumas linhas sobre marketing hoteleiro com o público da Rede-T. Faço-o numa conjuntura totalmente excecional. Quando escrevo este texto, somamos já dez meses de pandemia (em Portugal). Um tempo diferente, que nos afeta a todos, homens e mulheres de todo o mundo, limitando profundamente a liberdade de movimentos e a liberdade de afetos e que atingiu em cheio, de forma histórica e implacável, todo o sector do turismo. E mesmo com a luz ao fundo do túnel dos efeitos positivos da vacina, reina ainda, e muito, a incerteza e a constante mudança de direção no caminho que tentamos trilhar.

Fabíola Pereira

A boa gestão de compras é um dos requisitos mais importantes para a sobrevivência dos hotéis em tempos de crise. Pois se as receitas se encontram limitadas pela quebra na procura, há que encontrar formas de reduzir custos de forma o mais proporcional possível.

Miguel Paredes Alves

No início de março de 2020, o mundo foi surpreendido com a propagação de um vírus e a declaração de uma pandemia que levou a que a generalidade dos países e economias do mundo decretassem estados de emergência e confinamento, suspendendo grande parte das atividades económicas.

Gonçalo Rebelo de Almeida

Em tempos, numa formação sobre Estratégia em que participei, ouvi um número que tinha tanto de surpreendente quanto de assustador: - em média, as empresas na Europa sobrevivem menos do que 7 anos.

André Barreto

O impensável aconteceu… e o Turismo entrou em “modo de pausa”!

Atilio Forte

Este artigo é um convite a um momento de reflexão sobre o contexto em que vivemos e o que mudou no relacionamento entre as empresas e os seus colaboradores.

Rodrigo Mendes

Se é por um lado inegável a gravidade dos efeitos desta pandemia a vários níveis, os desafios de Capital Humano em hospitalidade já há muito que denunciam um profundo desajustamento com o mercado de trabalho.

João Silva Santos

Confesso-vos que sempre gostei muito dos jogos tradicionais de rua.

Ruben Obadia

Estranhos tempos estes, em que voltamos a ter tempo, em que o tempo que passava tão rápido, passou a pedir autorização para passar.

Raúl Ribeiro Ferreira

O paradigma do cozinheiro em Portugal é o de um homem branco, com uns 30 anos de idade. Esta afirmação encerra um conjunto de desafios sociais, sendo por isso preciso agir.

Paulo Amado

Quando o Ricardo Augusto me lançou o desafio de escrever um artigo, lembrei-me de uma questão, em modo de reflexão, que alguém de uma unidade hoteleira, que passava por dificuldades, me colocou há algum tempo:- Não consigo perceber e ninguém me consegue explicar, como é que as pessoas que aqui trabalham não se interessam em fazer melhor…

Rúben Paula

COMUNICAR,TODOS somos naturalmente seres criativos!No contexto atual, não devemos fazer o que, e como sempre fizemos, porque decerto já não iremos obter aquilo que obtivemos!

João Alberto Catalão

Os Instrumentos de Regulamentação Coletiva Trabalho em vigência na hotelaria nacional (e.g. CCT) plasmam de forma manifesta e notória uma moldura anacrónica de gestão de pessoal, em que o ente humano é remunerado para servir a sua hierarquia e não o cliente, imperando assim uma moldura anacrónica de gestão de pessoas alicerçada ainda na gestão de pessoal, e orientada para modelos de gestão 1:0.

Vítor M. B. Toricas

É com muita honra que respondo ao desafio de escrever o primeiro artigo no âmbito da nova rúbrica de opinião da plataforma Rede-T.Neste artigo proponho-me “dissertar” um pouco sobre a atualidade e as tendências da indústria da hospitalidade, que tanto nos fascina!

Francisco Moser